Andarilho
Caminhamos feito mendigos
Não temos lar algum
Somos andarilhos de nossas próprias verdades
Carregamos poucas bagagens nessa aventura,
talvez suficiente para aquela estadia
ou pesadas demais para se permanecer andando
Cada passo, desgasta um pouco do nosso pé e do nosso próprio chão.
Descobrimos nossa identidade pelos olhos de cada ser que nos rodeia
Quando frio, tentamos nos envolver com a vida, relembrando o tecer do manto.
Quando quente, apenas mais um ponto de linha.
Mas, continuamos
Famintos de sentimentos
Famintos de nossas verdades
Buscando nos alimentar
Da busca insaciável do acaso.
Amanda
Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me a caminhar sob sol e vento, (...) Vou ali ser feliz e não volto!
Vou ser feliz, sem me importar com o que isso irá causar aos outros… o importante é que não estou fazendo mal a ninguém, pelo contrário! Estou apenas enterrando as impurezas e toxinas da minha vida e deixando brotar uma bela e frutífera árvore, e que seja doce.
E Deus continua sussurando: Não desista, o melhor ainda está por vir.
Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.
Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta!!!
Que continue sendo doce o seu modo de demonstrar afeto, o seu jeito, seus olhares, seus receios. Que seja doce a ausência do nosso medo, o seu abraço e a maneira como segura minha mão.
Coloque sua música favorita para tocar, respire fundo e faça o que de melhor sabe fazer: Ser você…
Caio Fernando Abreu
Bocas, caras, corpos, sabores e cheiros, tudo isso hoje faz parte do universo da conquista!
Quem não deseja beijar uma boca sedenta pela sua.
Quem não deseja apreciar um lindo rosto como o seu e dali se perder em desejos e fulgores.
Quem não sonha com um corpo sedutor, com curvas periogosas e insinuantes como o seu.
Mas sabe de uma coisa, o sentido da visão muitas vezes nos prega peças, e garanto que é muito mais tentador e prazeroso as CARÍCIAS.
Sim acariciar com um toque suave tua boca carnuda e vermelha, e com os olhos fechados sentir o pulsar de seu coração, a respiração ofegante e o tremer de suas pernas.
Sim acariciar teu corpo, não precisa ser desnudo, mas apenas acariciar e sentir a textura de tua roupa em contato com minha mão e tuas formas, passear por entre lugares jamais imaginados e perceber que ali é um território convidativo para momentos de ternura, caricias sôfregas que despertam o prazer, a vontade, a libido e o desejo.
Por meio das carícias é possível sentir seu odor, que reflete em escala interplanetária feromônios que somente você produz. Não existem fragrâncias no mundo que possam representar sequer 1/3 do que é produzido pelo teu ser, pela tua essência, pela tua volúpia. Cheiro de mulher, cheiro selvagem, cheiro de deleite, cheiro de desejo.
Há como eu gostaria nesse momento de fechar meus olhos e imaginar teu ser em luz, na minha frente, e com simples toques perceber o tão perfeita que és.
Como seria bom ……
Seria bom ……
Bom ……
………
Carícias…………… em teu ser em plenitude
Desconhecido
Carta
Bem,e meio difícil começar,você deve estar achando bem estranho receber uma carta, assim do nada.
Tenho certeza que nessas poucas linhas talvez,eu não consiga expressar o que sinto por você mas espero com toda sinceridade que ponho nesta carta,possa te comover e te fazer pensar no que você me fez sentir no primeiro instante que vi você .Não posso mais disfarçar o que sinto por você.
Desde o dia em que te vi,não sei o que aconteceu.Comecei a me sentir diferente um misto de admiração,e posso até dizer um amor à primeira vista.Não sei o que vai pensar desta declaração, mas quero que saiba que o que sinto por você e puro e verdadeiro.
Quero que pense,reflita sobre tudo que lhe falo.Penso em você todos os dias,todas as noites,todas as horas.Não sei muito bem quem e,de onde vem e nem o que pensa de mim.Mas o que penso e que estou perdidamente apaixonada e não consigo esconder isso.Não se já sentiu isso por alguém ,mas se já deve saber um pouco do que estou passando.É algo estranho,um sentimento que toma conta da gente e a única coisa que consigo dizer às vezes e que te amo .Termino aqui,porque se eu continuar talvez não caiba no papel,nem em todas as folhas do mundo,não caberá escrever o quanto te amo.
Desconhecido
Colocamos as malas no quarto do hotel e descemos para caminhar até ao local da conferência. Chegamos cedo e sentamo-nos num café.
- Quero te dar uma coisa - disse ele enquanto me entregava um saco vermelho.
Abri na mesma hora. Dentro uma medalha velha e enferrujada - com a Nossa Senhora das Graças de um lado e o Sagrado Coração de Jesus do outro.
- Era sua - disse ele, ao ver a minha cara de surpresa.
Meu coração começou de novo a dar sinais de alarme.
- Um dia - era um Outono como este agora, e nós devíamos ter dez anos - sentei com você na praça do grande carvalho.
"Eu ia dizer algo, algo que ensaiara durante semanas a fio. Assim que comecei, você me disse que havia perdido a sua medalha na ermida de São Satúrio e me pediu para ir lá procurá-la."
Eu me lembrava. Ah Deus, eu me lembrava.
- Consegui encontrá-la. Mas quando voltei à praça, já não tinha coragem para dizer o que havia ensaiado. - continuou.
"Então prometi a mim mesmo que, só tornaria a lhe entregar a medalha quando pudesse completar a frase que comecei a dizer naquele dia há quase vinte anos. Durante muito tempo tentei esquecer essa frase, mas a frase continuou presente. Não posso viver mais com ela."
Ele parou o café, acendeu um cigarro e ficou um longo tempo a olhando o teto. Depois virou-se para mim.
- A frase é muito simples - disse.
"Eu te amo."
Paulo Coelho
Conta uma lenda que, certo dia, caminhava Deus, sossegadamente, pelo Universo.
Contemplava a Sua criação, verificando se tudo estava correndo bem.
Em certo ponto de Sua caminhada, deparou com uma estrela, num choro convulsivo.
Aproximou-se e com Seu carinho de Pai, perguntou: Por que você chora, minha filha?
A estrela, em pranto, mal conseguia falar:
Sabe, meu Pai, estou triste. Não consigo achar uma razão para a minha existência. O sol, com todo o seu brilho, fornece calor, luz e energia. Serve especialmente ao planeta azul e as pessoas ali o esperam todos os dias, alegrando-se com o seu surgimento.
As estrelas cadentes alimentam os sonhos dos românticos que as contemplam, maravilhados.
Os cometas geram dúvidas e mistérios, movimentando cientistas de todo lugar para os estudar e analisar. Todos são importantes. Todos, menos eu. Eu fico aqui parada, sem utilidade nenhuma.
Deus ouviu tudo atentamente. Com paciência, decidiu explicar para a estrela os porquês de sua existência.
Porém, nesse instante, uma voz interrompeu o diálogo. Era uma voz que vinha de longe, uma voz infantil.
Era uma criança, que caminhava com sua mãe, em um dos planetas da região.
A criança dizia: Veja, mamãe! O dia já vai nascer!
A mãe ficou um tanto confusa. Como podia uma criança que mal sabia as horas, saber que o sol logo nasceria, se tudo ainda estava escuro?
Como você sabe disso, meu filho?
E a criança alegre respondeu: Veja aquela estrela, mamãe! Papai me disse que ela anuncia o novo dia.
Ela sempre aparece um pouco antes do sol, e aponta o lugar de onde o sol vai sair.
Ouvindo aquilo, a estrela se pôs a chorar. Mas de emoção.
Não era mais preciso que Deus lhe explicasse o motivo da sua existência. Como tudo o que Ele criou, ela também tinha uma razão de ser.
Era a estrela que anunciava o novo dia. E com o novo dia, se renovam sempre as esperanças, os sonhos.
Ela servia para orientar os homens, indicando-lhes o caminho a percorrer.
Quando a vissem, eles poderiam ter certeza que logo mais o sol surgiria, abrilhantando tudo, espancando a escuridão da noite, secando as estradas da chuva torrencial das horas anteriores, aquecendo as manhãs frias.
A estrela, sentindo-se imensamente útil, encheu-se de felicidade e brilhou com mais intensidade.
Descobrira, enfim, como ela era importante e indispensável ao ciclo da vida.
Todos temos uma razão para existir, mesmo que ainda não a tenhamos descoberto.
Alguns nascem para ser estrela de outras vidas, orientando-as na caminhada.
Outros nascem para iluminar estradas, conduzir mentes, acalentar corações.
Muitos nascem para ser o suporte de outros, em sua trajetória de glórias e sucessos.
Se você ainda não descobriu porque está na Terra, eleja a si próprio estrela de luz e comece a semear amor e espalhar alegrias ao seu redor.
Assim, você iluminará a sua própria vida, iluminando todos que estão à sua volta.
Desconhecido
descobertas
preencher o vazio dos nossos corações
e permitir as promessa em sonhos
de edificar a existência destes com ações
dos projetos que a Ti proponho
de entender a importância do aceitar
os sonhos que Tu nos concedeu
ciente e crente do teu poder de abençoar
aqueles que vivem como filhos Teus
grandes obras virão a acontecer
independente do nosso querer
possibilitando o real, temos que crer
no Teu grandioso poder
é interessante o Teu lidar
presença possível, viva e certa
sem dúvidas quanto ao Teu cuidar
sempre nos trás novas descobertas
Christian Santos
E eu nem sei quando foi que comecei a achar bonito o teu sorriso. Nem quando comecei a passar alguns minutos olhando a tela do meu celular esperando algum sinal de que lembrou de mim ou qualquer coisa assim. Nem quando comecei a torcer pra você dizer que sentiu a minha falta ou que lembrou de alguma coisa que me envolva e sorriu, rapidamente, me fazendo pensar que não sou tão boba assim por pensar em você o tempo inteiro. Aliás, também não sei quando foi que passei a pensar em você o tempo inteiro. Eu acordo, passa o dia inteiro, vou dormir e só acontece você em mim. Eu nem sei quando foi que comecei a sorrir ao escutar o barulhinho de mensagem chegando, nem quando meu coração começou a dar pulos de alegria sem parar por ler um simples “gosto tanto de você”. Nem sei quando comecei a sentir tua falta, ou desejar a tua presença nos lugares onde estou. Muito menos querer estar ao teu lado para cuidar de você ou, simplesmente, estar. Nem quando tive tanta confiança ao ponto de te contar os meus sonhos e segredos. Ou mesmo listar as minhas manhas e defeitos, sem medo de que você desistisse de mim. Eu nem sei quando foi que me tornei assim: tua, mas tão tua, que eu não sei mais ser minha. Desconhecido
Hui Tzu caminhava com Chuang Tzu pela beira do rio, e Chuang comentou: “veja como os peixes estão alegres no riacho!”
“Um momento”, disse Hui Tzu. “Já que você não é um peixe, como sabe que eles estão alegres?”
“E já que você não sou eu, como sabe que eu não sei que os peixes estão alegres?”, disse Chuang Tzu.
Hui contra-atacou: “se eu, não sendo você, não posso saber o que você sabe, imagine você, que não é peixe, saber o que eles sabem!”
“Deixemos de discussões inúteis”, replicou Chuang Tzu. “Voltemos a pergunta original: como eu sei que os peixes são felizes?”
“Exato”, disse Hui.
“Porque me fazem feliz”, concluiu Chuang. “A felicidade contagia”.
Desconhecido
Ilusões
Autor: LCF
1
Todo o ser nasce com o mesmo conhecimento nulo;
Que desenvolve ao caminhar pelas incertezas da vida.
Só que a maior parte contenta-se com um simples cair da espada do rei inimigo.
Nós amamos até aos nossos segundos finais;
Na última altura, choramos por uma misericórdia de regresso.
Mas é na verdade dos gestos que está a recompensa do merecedor.
As lágrimas são como testes de avaliação: estão programados para ocorrer num certo dia, num certo momento;
Contudo não mostram se a pessoa sente ou não o que faz transparecer.
LCF
Inconscientemente Consciente
É caminhar a esmo como um animal ferido.
Um corte de navalha no calcanhar, um tiro
de rifle na perna.
Oh gloria dos doentes corrompidos, onde estás?
Por essas ruas desertas? Por essas calçadas frias?
Na busca de conhecimento em um vazio constante.
Corpo condenado, vagando sem espaço algum,
no vácuo de um lamaçal ondulatório.
Carniça podres agonizam pela cidade
a vida que lhe foi tirada.
Nascemos condenado a viver, sim a viver.
Um poeta revoltado, revoltadas distorções
em forma de letras e palavras.
Então não me procure, que ninguém me procure,
porque não tenho nada para oferecer a ninguém.
Além de poesia e arte, além de minhas próprias
loucuras e paixão.
Sou um marginal e problemático intelectual.
Apaixonado pela vida, apaixonado por uma mulher.
Viva a liberdade, viva todo tipo de liberdade.
O homem nasceu para ser livre, livre nessa
imensidão, livre nessa grande imensidão.
Em baixo desse punhado de estrelas.
Em baixo desse céu azul, azul que os olhares
loucos e apaixonados fitam, fitam na mais
louca paixão; acidez...
Que só os loucos tem, loucos por amar, loucos
por sentir, loucos pela vida, loucos para serem
socorridos, loucos para por pra fora, o que só
a alma senti.
Loucos por desejarem, loucos por desejarem
a si mesmos, na mais pura intensidade.
Brilhando-se como vaga-lumes, queimando,
queimando intensamente como, estrelas,
perdidas no universo.
Porque somos mentes, mentes pensantes,
inconscientemente consciente.
Por quer somos almas, simplesmente almas,
que queima, que reluz, na mais pura louca
intensidade.
Queria acordar um dia e ver feliz o clarão
lindo do sol e seus raios caindo, tropeçando,
descendo acelerados, como ouro derretido,
sobre todo chão verdejante, um belo dia azul.
Do meu lado só queria uma garrafa gelada
de vinho e talvez minha amada.
Tiago Amaral
Lembra quando a gente caminhava de mãos dadas no sol?
Eu sei que escrevo muito e falo tão pouco
Mas era legal demais me deitar no teu ombro e ficar ali quietinha, só esperando algo acontecer
Mesmo que esse algo não fosse nada
Eu nunca vou entender porque me apaixonei por você
Se desde o inicio era tudo tão vago,
Talvez tenha sido a tua mão sob a minha nas noites de alcool e gente retardada, sem nada além de idiotices pra falar
Você era um pouquinho também,
Mas eu ria de tudo
Eu queria tudo,
Eu pegava no teu pé só pra te ver me queimar com os olhos
Pra que, quando chegassemos em casa, tu me queimasse por dentro.
Tamara
Liberdade
Seja minha asa e me faça voar por onde minha imaginação e meus sonhos guiarem
Seja o que me liberta do meu próprio eu
Proteja-me do sol, da chuva e de meus pensamentos sombrios.
Envolva-me.
Eu só peço descobrir os céus
Eu só peço conhecer o mundo
Deslocar meus pés do chão e sentir que já não pertenço a este mundo
Quero a inconstante sensação de perder os passos
Quero o vento frio no meu rosto, quero o medo de cair,
mas a segurança de que com você, eu posso simplesmente me jogar
Vamos juntos nessa jornada
E somente unidos que podemos alcançar voo,
E somente juntos que somos pássaros
Amanda
Mas em algum momento você começa a perceber, sua vida está acontecendo agora, não depois da faculdade (de medicina), não depois da residência, agora. Isso é tudo, está bem aqui. Pisque e você vai perdê-la.
[…]
Você disse? Eu te amo. Eu não quero viver nunca sem você. Você mudou minha vida. Você disse? Faça um plano, defina um objetivo, batalhe por isso, mas sempre, agora e novamente, olhe em volta, beba-o, porque isso é ele. Tudo pode ir embora amanhã.
Meredith Grey
Me namora
Lembro que te vi caminhar
Já havia um brilho no olhar
E junto com um sorriso seu
O teu olhar vem de encontro ao meu
E o meu dia se fez mais feliz
Mesmo sem você perto de mim
Mesmo longe de mim...
Eu fico o tempo todo a imaginar,
O que fazer, quando te encontrar
Mas se eu fizer, o que vai dizer?
Será que é capaz de entender?
Mesmo se não for eu vou tentar,
Vou fazer você me notar
Por isso eu vim aqui te dizer...
Me namora, pois quando eu saio eu sei que você chora
E fica em casa só contando as horas
Reclama só do tempo que demora
Abre os braços vem e me namora
Eu quero dar vazão ao sentimento
Mostrar que é lindo o que eu sinto por dentro
Beleza essa que eu te canto agora
Abre os braços vem e me namora
Eu penso estar vivendo uma ilusão
Sem saber se me quer ou não?
Quem dera se a resposta fosse sim
Mas acho que já nem liga pra mim
Se for assim o meu coração
Sofre, só, sem você em vão
Bate mais triste, então....
Mas ele ainda pode se alegrar
Se de repente você reparar
Que com você também aconteceu
Que sente amor tão grande quanto o meu...
Abra os olhos, veja quem te adora
E sonha com você no mundo a fora
E volta só pra te dizer...
Me namora, pois quando eu saio eu sei que você chora
E fica em casa só contando as horas
Reclama só do tempo que demora
Abre os braços vem e me namora
Eu quero dar vazão ao sentimento
Mostrar que é lindo o que eu sinto por dentro
Beleza essa que eu te canto agora
Abre os braços vem e me namora
Me namora, pois quando eu saio eu sei que você chora
E fica em casa só contando as horas
Reclama só do tempo que demora
Abre os braços vem e me namora
Eu quero dar vazão ao sentimento
Mostrar que é lindo o que eu sinto por dentro
Beleza essa que eu te canto agora
Abre os braços vem e me namora
Natiruts
No fundo eu era assim! Eu que caminhava pelo mundo, insulado em meu desprezo! Eu, que sentia o orgulho da inteligência e compartilhava de pensamentos de Demian! Isso é que eu era: lixo, escória, bêbado e mesquinho, repugnante e grosseiro, uma besta selvagem dominada por instintos asquerosos.  (…) Eu, que havia dominado a música de Bach e as belas poesias! Dominado pelo asco e pela indignação, ouvia ainda o meu próprio riso, um riso ébrio, desenfreado, que fluía aos borbotões, estúpido. Aquilo era eu!
(Demian)
Hermann Hesse
Números 12
Miriam e Arão opõem-se a Moisés
1 Miriã e Arão começaram a criticar Moisés porque ele havia se casado com uma mulher etíope.
2 "Será que o Senhor tem falado apenas por meio de Moisés?", perguntaram. "Também não tem ele falado por meio de nós?" E o Senhor ouviu isso.
3 Ora, Moisés era um homem muito paciente, mais do que qualquer outro que havia na terra.
4 Imediatamente o Senhor disse a Moisés, a Arão e a Miriã: "Dirijam-se à Tenda do Encontro, vocês três". E os três foram para lá.
5 Então o Senhor desceu numa coluna de nuvem e, pondo-se à entrada da Tenda, chamou Arão e Miriã. Os dois vieram à frente,
6 e ele disse: "Ouçam as minhas palavras: Quando entre vocês há um profeta do Senhor, a ele me revelo em visões, em sonhos falo com ele.
7 Não é assim, porém, com meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa.
8 Com ele falo face a face, claramente, e não por enigmas; e ele vê a forma do Senhor. Por que não temeram criticar meu servo Moisés?"
9 Então a ira do Senhor acendeu-se contra eles, e ele os deixou.
10 Quando a nuvem se afastou da Tenda, Miriã estava leprosa; sua aparência era como a da neve. Arão voltou-se para Miriã, viu que ela estava com lepra
11 e disse a Moisés: "Por favor, meu senhor, não nos castigue pelo pecado que tão tolamente cometemos.
12 Não permita que ela fique como um feto abortado que sai do ventre de sua mãe com a metade do corpo destruída".
13 Então Moisés clamou ao Senhor: "Ó Deus, por misericórdia, concede-lhe cura!"
14 O Senhor respondeu a Moisés: "Se o pai dela lhe tivesse cuspido no rosto, não estaria ela envergonhada sete dias? Que fique isolada fora do acampamento sete dias; depois ela poderá ser trazida de volta".
15 Então Miriã ficou isolada sete dias fora do acampamento, e o povo não partiu enquanto ela não foi trazida de volta.
16 Depois disso, partiram de Hazerote e acamparam no deserto de Parã.
Bíblia
Pense na vida que você sonhou para você. A pessoa que você imaginava que iria estar ao seu lado. Pense no trabalho que você sonhou em ter. Você está vivendo a vida que sonhou para você mesmo? Você é quem você queria ser quando crescesse?
Abra seus olhos. Dê uma boa olhada ao seu redor. Como é a vista? Você gosta do que vê? Lembre-se de quando era pequeno. Você está vivendo a vida que sonhou em ter? Ou você ainda está sonhando com algo ainda maior?
Meredith Grey
Quando não mais puder
ao seu lado caminhar
Para não atrasar-lhe os passos
Quando só por suas mãos
eu conseguir vencer os obstáculos
Quando a visão me falhar
e de seus lábios saírem
a descrição do mundo
Te deixarei
ficarei a beira do caminho
mas não me sentirei só ou triste
Terei as lembranças de nossa vida
para me confortar
como um acalanto para a alma
Em minhas mãos ainda sentirei
o calor de seu corpo
Quando você no horizonte desaparecer
estarei sorrindo, com a certeza
de ter cumprido o meu dever
Te deixarei
não porque não me amas mais
mas porque eu te amo...
Desconhecido
Reencontro
Estou rodeado de mortes.
Defuntos caminham comigo na saída do cinema.
São muitos,
sinto a presença ativa das magnólias
queimando em seu próprio aroma.
Os mortos acomodam-se a meu lado
como numa fotografia.
Ajeitam o paletó, a gola da blusa
e parecem alegres.
São gente amiga
com saudade de mim
(suponho)
e que voltam de momentos intensamente vividos.
Tentam falar e falta-lhes a voz,
tentam abraçar-me
e os braços se diluem no abraço.
Fitam-me nos olhos cheios de afeto.
Ah quanto tempo perdemos,
quanta desnecessária discórdia,
penso pensar.
É isto que me parecem dizer seus esplendentes rostos neste entardecer de janeiro.
Ferreira Gullar
Salmo 81
1 Cantem de alegria a Deus, nossa força; aclamem o Deus de Jacó!
2 Comecem o louvor, façam ressoar o tamborim, toquem a lira e a harpa melodiosa.
3 Toquem a trombeta na lua nova e no dia de lua cheia, dia da nossa festa;
4 porque este é um decreto para Israel, uma ordenança do Deus de Jacó,
5 que ele estabeleceu como estatuto para José, quando atacou o Egito. Ali ouvimos uma língua que não conhecíamos.
6 Ele diz: "Tirei o peso dos seus ombros; suas mãos ficaram livres dos cestos de cargas.
7 Na sua aflição vocês clamaram e eu os livrei, do esconderijo dos trovões lhes respondi; eu os pus à prova nas águas de Meribá.
8 "Ouça, meu povo, as minhas advertências; se tão somente você me escutasse, ó Israel!
9 Não tenha deus estrangeiro no seu meio; não se incline perante nenhum deus estranho.
10 Eu sou o Senhor, o seu Deus, que o tirei da terra do Egito. Abra a sua boca, e eu o alimentarei.
11 "Mas o meu povo não quis ouvir-me; Israel não quis obedecer-me.
12 Por isso os entreguei ao seu coração obstinado, para seguirem os seus próprios planos.
13 "Se o meu povo apenas me ouvisse, se Israel seguisse os meus caminhos,
14 com rapidez eu subjugaria os seus inimigos e voltaria a minha mão contra os seus adversários!
15 Os que odeiam o Senhor se renderiam diante dele e receberiam um castigo perpétuo.
16 Mas eu sustentaria Israel com o melhor trigo, e com o mel da rocha eu o satisfaria".
Bíblia
Se eu puder caminhar observando a amplidão do horizonte...
Não terei pressa, andarei mesmo assim com passos largos...
Terei a minha frente o infinito e poderei construir minha passagem...
Se eu vejo a amplidão, me vejo sem limites...
Não existirá em meu trajeto obstáculos intransponíveis...
Mas preciso da amplidão como espelho...
Na verdade não quero o fim da caminhada, não quero um objetivo a minha frente como uma marca de chegada...
Quero a trilha e dela sentir sede de conquista-la para todo o sempre...
Se levantar os olhos e ver esta amplidão...
Estarei trilhando...
Passo a passo...
Estarei a caminho...
E com um horizonte tão imenso a minha frente, não
terei retornos, não vou questionar o que passou...
Apenas irei...
Se eu olhar para o lado e você estiver lá...
Estarei sorrindo, e certa de que emoções vividas não são vãs...
Te oferecerei a minha mão e poderemos ir juntos...
Passo a passo...
Em frente, com o mundo todo se abrindo a cada movimento e sem nunca querer chegar ao fim....
Você não é perfeito...
Não gosto de perfeição, mas o que existe em você, o que sinto...
O que "vejo" faz com que eu deseje olhar a amplidão,
e queira caminhar em sua direção..."
Desconhecido
UM DIA DESSES
..."Bom mesmo é caminhar descalço na areia da praia à noite, tomar acento na areia branca e ouvir o que as ondas têm as nos dizer; é ver quantas estrelas estão lá em cima no céu, naquele momento, olhando pra você com inveja de não poder fazer o mesmo; é poder deitar se sobre a sombra amena de um jatobá frondoso e adormecer ali por um instante sobre a sinfonia do canto diversificado e harmônico dos pássaros; é poder se desvencilhar de todo e qualquer aparelho que marque o tempo ou o compromisso das horas; é sentir o forte aroma dos eucaliptos inundarem os nossos pulmões e ver todas as cores onde o verde é o grande e soberano rei da abundância. É poder subir em um pé de jambo e comer os frutos dele até ficar triste de tanto comer. Pular a cerca para roubar morangos na casa de um vizinho ou de um desconhecido, mesmo correndo o risco de levar uma mordida de um cão bravo; é tomar um banho em um lugar público em um dia de sol quente de roupa e tudo; é poder colher os frutos fresco de uma horta. Nada como tomar um bom banho de chuva, armar uma rede entre dois coqueiros e tomar uma limonada doce e gelada se bronzeado sobre os fortes e intensos raios de uma lua gigante; assistir um bom filme em uma noite de chuva intensa e fria, em baixo de um edredom de algodão usado e um bom pedaço de pizza quente. Acreditem! Isso não custa um centavo e o que é melhor, isso ajuda a tirar nódoas da alma, sanar dores de cabeça, clarear pensamentos, instigar os ímpetos e fertilizar as idéias. O que de fato vai ser complicado e não menos difícil, vai ser poder depois disso tudo você tentar ou até mesmo ousar descrever esse dia!"... Ricardo Fischer
Ricardo Fischer
“Não digo que você é tudo que eu sonhava. Tudo o que sempre imaginei pra me. Francamente? Se um dia eu tivesse pegado um lápis para te desenhar, jamais teria acertado. Seria uma pessoa aparentemente diferente de você, intelectualmente e tudo mais, diferente de você. Você é diferente, cheio de erros, defeitos e manias. E sabe o melhor de tudo? É que se você fosse tudo que eu sonhava eu rapidinho enjoaria de você. Em menos de meia hora iria querer ta bem longe. A verdade é que antes eu idealizava uma pessoa, que eu mesma não enxergava que seria perfeita demais, ao ponto de que eu não gostaria. Meu amor, você não é perfeito como eu sonhava um dia encontrar, você é imperfeito, e sabe essas “imperfeições”? É que te fazem perfeito pra me. A verdade é que você é mais do que um dia sonhei pra me. Contos de fadas não existem, e eu vivia em mundo de fantasia onde nada era real e tudo passageiro. E Você me trouxe pra vida real, me mostrou que se é possível viver fora de um conto e ser feliz. Trouxe-me para um mundo onde não tem final feliz, mas sim onde há dias e mais dias felizes. Tudo é bom do seu lado. Tudo é perfeito contigo. Eu te amo muito. Eu jamais seria capaz de imaginar alguém tão bom e tão perfeito assim pra me. Alguém que me faz feliz, sorrir feito besta e nem ver o tempo passando por ta pensando em ti. Eu te amo muito, muito mesmo. Você é tudo pra me. Minha vida!” Desconhecido
♥•*¨*•.¸¸❤ Confia em Deus e caminha
Guarda a confiança em Deus e não te detenhas.
Muitos te anotam o entusiasmo na fé que abraças e, por isso, te repelem, mas Deus te acolhe...
Muitos te conhecem o coração aberto aos sentimentos mais elevados e te envolvem no abuso; no entanto, Deus te defende...
Muitos te julgam doente e incapaz; entretanto, Deus te fortalece...
Muitos te examinam a assiduidade em serviço e te zombam da dedicação; contudo, Deus te registra o amor aos compromissos assumidos e não te desampara...
Muitos te assinalam a bondade e o desprendimento e te crivam de ironias; no entanto, Deus te contabiliza os gestos e não te abandona...
Muitos, talvez por não desejarem servir ao próximo, te solicitam o afastamento das obrigações que procuras enobrecer, mas Deus te livra do desequilíbrio e do mal...
Muitos te desconhecem o esforço no trabalho; no entanto, Deus te acompanha as tarefas de cada dia e te abençoa...
Prossegue adiante, confiando na Presença e na Justiça de Deus e Deus te concederá, hoje e sempre, tudo aquilo que te seja melhor.
Emmanuel / Chico Xavier - Do livro Hora Certa
Emmanuel