"Eu sou os brinquedos que brinquei, as gírias que usei, os segredos que guardei, eu sou o meu pico preferido, eu sou o renascido do acidente que escapei, aquele amor atordoado que vivi, a conversa séria que tive um dia com meu pai, eu sou o que me recordo. Eu sou a saudade que sinto da minha mãe, a infância que me lembro, a dor de não ter dado certo, de não ter falado na hora, a emoção de um trecho de livro que li, a cena de rua que me arrancou lágrimas, eu sou o que choro. Eu sou o abraço inesperado, a força dada para o amigo que precisou, a sensibilidade que grita, o carinho que permuta, os pedaços que se juntam, eu sou o orgasmo, a gargalhada, o beijo, eu sou o que desnudo. Eu sou a raiva de não ter alcançado, a impotência de não conseguir mudar, desapontamento com o governo, o ódio que tudo isso dá! Eu sou direitos que tenho, os deveres que me obrigam, eu sou a estrada por onde corre atrás, eu sou o que penso, eu sou o que faço e o que ninguém vê. Portanto, venha a mim com corpo, alma e falta de ar! Eu acredito é em suspiros, alegrias explosivas, amizades verdadeiras, olhares faiscantes; Em sorrisos que varrem qualquer tristeza e em abraços que trazem harmonia para a vida da gente..." "O tempo passa, e com ele as coisas também passam, outras permanecem, mas nunca do mesmo jeito, elas mudam, a vida muda; Tudo muda, o lugar não é o mesmo, as pessoas não são as mesmas, os sentimentos não são os mesmos, a situação é outra. Esse é o propósito da vida; Se viéssemos aqui pra ficar sempre do mesmo jeito, no mesmo lugar, não teria porque estar aqui. O tempo passa, coisas velhas se vão, coisas novas chegam, elas não vem com manual de instruções, a vida não pára, pra que possamos aprender a lidar com elas, temos que aprender durante a caminhada, muitas vezes, com os erros, nos machucando. Acertando ou errando, o importante é aprender, pois isso tudo é apenas uma preparação para os novos desafios que virão... Aceitar o passado e as circunstâncias da vida que não podemos mudar traz enorme alívio e a paz de espírito que procuramos tão intensamente. Devemos deixar o passado para trás. Cada dia é um novo começo. E a cada dia nós dá a oportunidade de olhar para frente com esperança, nos afastando dos vícios e de tudo aquilo que nos faz mal. Um poder maior me ajudou a encontrar um novo caminho para a minha vida. Esse poder está sempre conosco. Quando tememos enfrentar uma nova situação ou quando algo dá errado em nossa vida, podemos lançar mão dessa força maior para nos ajudar a dizer o que deve ser dito e fazer o que deve ser feito. Nosso poder superior está tão próximo de nós quanto nossa respiração. Ter consciência de sua presença nos fortalece a cada momento. " Desconhecido
(Totalmente Angélica)
Eu sou Totalmente Angélica que cai nos teus Sonhos quando busca por mim sem prazer nenhum de estar Afim de ter um afeto,isso ofende minha Fúria que te espera no pingo da água que deixou de Beber,quando não me encontrou naquela noite que eu não te busquei,Algo me fazia querer parar e Ficar distante e sempre distante eu observava tudo e todos de cima do ao redor do Nada.
Eu sou totalmente Angélica que aparece nos teus Pesadelos afim de roubar teus Enigmas,tuas senhas,teus códigos,Tua conta no banco,teu lugar na cama e Principalmente tudo que tem conquistado Para sempre a Te incomodar,quando menos esperar e de onde menos espera.
Assim eu sou totalmente angélica Sem medo e sem rancor de mostra o que era e de mostra quem eu sou...
Smith
_ Quem sou eu?
_ Eu sou aquele que chamam de louco, irresponsável e tantas coisas mais
_ Por quê?
_ Porque revelo meus sentimentos e manifesto meus pensamentos independentemente das conveniências sociais.
_ E qual a loucura que existe nisso?
_ Hoje em dia, é proibido você ser você.
_ Então, eu não sou eu?
_ Ser você num mundo em que todos querem te refazer, é difícil, mas essa pergunta só deve ser feita a si próprio.
_ Mas eu tenho certeza que eu sou eu mesmo.
_ Será?
_ Você está tentando me confundi.
_ De jeito nenhum! É que as pessoas nos anulam sutilmente, sem nos apercebermos disso
._ E você? Tem certeza que você é você mesmo?
_ Sou! Mas só sou porque descobri as sutilezas que eles usam.
_ E quais são?
_ Elas não podem ser ensinadas, só percebidas.
Desconhecido
Aceite-me como eu sou porque não tenho garantias e nem tenho a pretensão de ser alguém perfeito.
Toda a perfeição não posso ter. Eu sou como você. Sou da espécie humana.
Sou capaz de errar. O erro, não é falha de caráter e errar faz parte da natureza humana.
Eu vivo, eu sorrio e eu também aprendo.
Meu conhecimento é incompleto.
Estou na busca o tempo todo, nas horas acordadas e nas horas de sono.
Eu tenho um longo caminho a ser percorrido, assim como você também tem.
Aprendemos nossas lições pelo caminho. Atingiremos a sabedoria.
Assim, por favor, aceite-me como sou! Porque eu sou só eu. Apenas eu.
Não há ninguém igualzinho a mim no mundo. Esta é a única garantia que dou.
É assim que eu me sinto. Eu tenho um coração. Abra-me e veja-o!
Por favor, cuide bem dele. Ele é tudo que eu sou.
Desconhecido
ACEITE-ME COMO SOU
Aceite-me como eu sou porque não tenho garantias e nem tenho a pretensão de ser alguém perfeito.
Toda a perfeição não posso ter. Eu sou como você. Sou da espécie humana.
Sou capaz de errar. O erro, não é falha de caráter e errar faz parte da natureza humana.
Eu vivo, eu sorrio e eu também aprendo.
Meu conhecimento é incompleto.
Estou na busca o tempo todo, nas horas acordadas e nas horas de sono.
Eu tenho um longo caminho a ser percorrido, assim como você também tem.
Aprendemos nossas lições pelo caminho. Atingiremos a sabedoria.
Assim, por favor, aceite-me como sou! Porque eu sou só eu. Apenas eu.
Não há ninguém igualzinho a mim no mundo. Esta é a única garantia que dou.
É assim que eu me sinto. Eu tenho um coração. Abra-me e veja-o!
Por favor, cuide bem dele. Ele é tudo que eu sou.
Desconhecido
Ainda bem, meu anjo, que você me deixa chorar. Eu sou forte, mas tenho tanto medo do dia em que eu não me aguentar em meus próprios pés. Eu sou rápida em questão de fugir deste destino rígido e tenebroso. Ainda bem, meu querido, que você não fecha os olhos para minhas feridas, porque quer queira ou não, elas estão aqui - pulsando, flamejando, martelando em minha carne fina que se desmancha aos poucos. Todas as vozes acham bobagem, que tolice, que tolice, menina, pensar assim em tristezas profundas, pensar assim em finais tão bruscos. Eu me sustento. Ah, amor, queria ficar eterna em seu abraço. Se a morte fosse assim, quente, aconchegante, jovem com alma idosa, eu seria feliz. Se sua promessa fosse possível, eu seria borboleta e não teria medo de mostrar voo em apenas um dia, depois cairia com as asas flácidas. Mas o escuto, meu bem, presto atenção em cada palavra que sai dessa boca bonita e confiante, e você está certo. Eu sou dançarina, mesmo em duas faces, em dois cubículos tão opostos - dançarina gótica e dançarina rosa. Seus olhos que pousam tão penosos em meu choro me reconfortam, são uma chamada de compreensão a qual eu nunca tive. Não houve falhas, só reconhecimentos. Também não haverá futuros, só hojes. O agora se repetindo dia após dia, porque tem uma letra de música que eu não lembro, mas que dizia que o amanhã não existe mesmo. Então, anjo, eu durmo, você me aperta em seu peito, sinto seu coração tão vivo, e tão leve, e tão inteiro, e tão amado, descanso sorrindo. Assim, com aquele sorriso que você mais gosta, puro, essência. Desconhecido
As guerreiras lembram:
Eu estou acordada.
Minha mente é livre.
Eu sou criativa.
Eu amo a mim mesma.
Meu poder de vontade é forte.
Eu sou brava.
Eu pratico a paciência.
Eu não julgo estrangeiros
Eu não dou nada para receber
Eu não espero
Eu ouço mais do que eu falo
Eu sei que eu vou mudar
Isso vai durar mais um dia
Eu começo denovo quando
é necessário
Eu crio minha própria situação
Eu sou cósmica
Eu não tenho a resposta
Eu desejo aprender
Eu sou o plano
Eu sou forte
Eu sou fraca
Eu quero crescer
Eu sei que eu vou
Eu tomo responsabilidade
Eu não escondo a mim mesma de ninguém
Eu estou no meu caminho
Eu não vou deixar meu foco mudar
Tirando os demônios no meu alcance.
Desconhecido
Assim como me vedes neste momento, eu sou. Para mim própria não seria ambiciosa em meus desejos de querer ser muito melhor em tudo. Mas triplicar quisera vinte vezes, para vós, o que sou, ser mais formosa mil vezes, dez mil vezes mais senhora de um rico patrimônio. Para em vosso conceito ser mais alta, desejara ter conta incalculável de virtudes, belezas, bens e amigos; suas a soma total de quanto valho é soma negativa, que define, grosso modo, uma jovem sem preparo, talentos e experiência, que se julga feliz apenas por não ser tão velha que não possa aprender, e venturosa por não ser tão obtusa de nascença que aprender não consiga coisa alguma. Mas a suma ventura nisto tudo consiste em poder ela inteiramente vos confiar o espírito maleável, para que a dirijais, na qualidade de marido, senhor e soberano. Eu, com tudo o que tenho, desde agora passo a ser toda vossa. Até há momentos, era eu senhora desta bela casa, dona dos meus criados, soberana de mim própria; mas desde este momento a casa, a famulagem, minha própria pessoa, meu senhor, a vós pertence. Tudo vos dou com este anel. Se acaso vos separardes dele, ou se o perderdes, ou se presente a alguém dele fizerdes, indício certo isso será da morte de nosso amor e causa de queixar-me. William Shakespeare
Carpinteiro do Universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do Universo inteiro eu sou.
Não sei por que nasci
pra querer ajudar a querer consertar
O que não pode ser...
Não sei pois nasci para isso, e aquilo,
E o inguiço de tanto querer.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Humm...Estou sempre,
pensando em aparar o cabelo de alguém.
E sempre tentando mudar a direção do trem.
À noite a luz do meu quarto eu não quero apagar,
Pra que você não tropece na escada, quando chegar.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
O meu egoismo, é tão egoísta,
que o auge do meu egoismo é querer ajudar.
Mas Não sei por que nasci
pra querer ajudar a querer consertar
O que não pode ser...
Não sei pois nasci para isso, e aquilo,
E o enguiço de tanto querer
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou.
Carpinteiro do universo inteiro eu sou (Ah eu sou assim!).
No final,
Carpinteiro de mim!
Raul Seixas
Decifra-me
Não venha me falar de razão,
Não me cobre lógica,
Não me peça coerência,
Eu sou pura emoção.
Tenho razões e motivações próprias,
Sou movido por paixão,
Essa é minha religião e minha ciência.
Não meça meus sentimentos,
Nem tente compará-los a nada,
Deles sei eu,
Eu e meus fantasmas,
Eu e meus medos,
Eu e minha alma.
Sua incerteza me fere,
Mas não me mata.
Suas dúvidas me açoitam,
Mas não deixam cicatrizes.
Não me fale de nuvens,
Eu sou Sol e Lua,
Não conte as poças,
Eu sou mar,
Profundo, intenso, passional.
Não exija prazos e datas,
Eu sou eterno e atemporal.
Não imponha condições,
Eu sou absolutamente incondicional.
Não espere explicações,
Não as tenho ou apenas desconheço,
Sem hora, local ou ordem.
Vivo a cada molécula.
Estou tanto na sua solidão,
Quanto no seu sorriso.
Vive-se por mim,
Morre-se por mim,
Sobrevive-se sem mim.
Eu sou começo e fim,
E todo o meio.
Sou seu objetivo,
Sua razão que a razão
Ignora e desconhece.
Tenho milhões de definições,
Todas certas,
Todas imperfeitas,
Todas lógicas apenas
Em motivações pessoais,
Todas corretas,
Todas erradas!!!
Desconhecido
Diz que eu não sou de respeito
Diz que não dá jeito
De jeito nenhum
Diz que eu sou subversivo
Um elemento ativo
Feroz e nocivo
Ao bem-estar comum
Fale do nosso barraco
Diga que é um buraco
Que nem queiram ver
Diga que o meu samba é fraco
E que eu não largo o taco
Nem pra conversar com você
Mas fica
Mas fica ao lado meu
Você sai e não explica
Onde vai e a gente fica
Sem saber se vai voltar
Diga ao primeiro que passa
Que eu sou da cachaça
Mais do que do amor
Diga e diga de pirraça
De raiva ou de graça
No meio da praça, é favor
Mas fica
Mas fica ao lado meu
Você sai e não explica
Onde vai e a gente fica
Sem saber se vai voltar
Diz que eu ganho até folgado
Mas perco no dado
E não lhe dou vintém
Diz que é pra tomar cuidado
Sou um desajustado
E o que bem lhe agrada, meu bem
Mas fica
Mas fica, meu amor
Quem sabe um dia
Por descuido ou poesia
Você goste de ficar
Chico Buarque
Ele tem aturado essa bagunça e esquisitice que eu sou já faz algum tempo..Tem sido paciente,cavalheiro e otimista..Mas acima de tudo,tem sido meu amigo.
Meu (péssimo) parceiro de dança, de tequila, de fim de tarde e fast foods de madrugada.
Tem ouvido meus problemas, meus planos, sentido minha instabilidade e aguentando firme mesmo sabendo que eu sou complicada.
Não sou de ficar fazendo longos textos sentimentais desse tipo, mas seria um erro não demonstrar (pelo menos um pouco) a gratidão e felicidade que sinto por estar com ele, então fica aqui essa pequena homenagem..Tenho muito orgulho de você.
Obrigada por ser meu porto seguro.
Desconhecido
ENTRE O PORTO SEGURO E O ALÉM-MAR
"(...)Claro que eu sou séria, claro que você pode confiar em mim, claro. Claro que eu sei o que eu estou dizendo, pensando e planejando. Claro que é pra valer e que eu não tenho dúvidas. Claro que só digo a verdade.
(...)Meu marido, como gosto de imaginá-lo, tem os ombros largos de proteção e abraço eterno. Tem uma mão grande que serve para tudo: desde atravessar a rua segura até sentir prazer sem medo das horas.
(...)Quando ele sorri, doce, imagino meus filhos. Exatamente com aquela ironia pura estampada na cara: um misto de esperteza com falsa esperteza. Quando ele acorda e eu acordo, e nos olhamos, é sempre uma promessa de que a vida não vai acabar porque sempre acordaremos juntos. E para sempre vamos nos amar mesmo com o desgaste das olheiras e remelas. Respiro aliviada e mesmo distante de Deus eu sinto que ele abençoa tudo aquilo.
(...)Nunca viveremos o desgaste e para sempre viveremos com a falsa impressão da perfeição.
(...)Matando a saudade com o barulho de uma conchinha, bem escondida pra ninguém descobrir que ainda sonho em ser sereia.
(...)Amar o mar é tão humano que não pode ser traição."
Tati Bernardi
Esquece tudo que aconteceu, esquece tudo que a gente passou, esquece quem eu sou. Esquece que eu te amei e ainda te amo, que por você eu chorei, que por você eu sofri. Esquece que eu tentei te proteger. Esquece do meu beijo. Esquece que mesmo só de te ver meu coração disparava, que no seu olhar eu me perdia. Esquece do meu jeito, do meu humor. De tudo que um dia eu já te disse. Esquece que no fundo eu tentei te fazer feliz, e te amei mesmo sem você me amar. Esquece dos nossos dias, noite e madrugadas juntos. Esquece das vezes que eu te observei dormindo. Esquece tudo isso que eu te digo pra esquecer. Mas agora lembra que diferença alguma eu fiz na sua vida. Lembre que por mim talvez você nunca se apaixonou, talvez nem de mim gostou. E agora esquece de novo. Esquece completamente de mim, de quem eu já fui na sua vida e nunca mais serei. Esquece do meu rosto, dos meus olhos, do meu cabelo. Esquece simplesmente quem eu sou, e que um dia eu já existi pra você, porque eu já tratei de fazer o mesmo Desconhecido
Eu não sou aquele tipo de garota apaixonante. Não sei falar direito e salto é absolutamente meu pior inimigo. Sou possessiva pra caramba, não me visto completamente bem e minhas roupas não são de marca. Sou chata, muito chata. Mas se você der sorte, posso até ser legal com você. Já fui feita de boba milhãres de vezes. Já fui enganada, substituída, deixada para trás e me decepcionei muito, muito mesmo. E agora sou isso aí, projeto de máquina sem coração. […] Tudo bem, sem coração foi exagero meu. Mas como eu queria que isso fosse verdade. Desconhecido
Eu sei quem eu sou, os outros? Apenas me imaginam!
Hoje acordei e tomei um decisão importante:
ia tirar férias de mim!
Férias do meu jeito de viver, do meu jeito de pensar e do meu jeito de ser.
Pelo menos por hoje,ia tentar não reclamar de nada,
não criticar o que vejo, não brigar
ou ficar lamentando porque minha vida é muito dificil.
Hoje acordei decidida:
ia , pura e simplismente tirar férias de mim !
Ia passar todo o dia que tinha pela frente
de uma nova maneira,
como se pudesse me reinventar, Agora,
ia criar um programa
em que apenas a felicidade existisse.
E ia esperar até o fim do dia
para ver o resultado dessa simples decisão.
DECIDI QUE A PARTIR DE HOJE É TEMPO DE SER FELIZ!!!
eu
Eu sou a minha melhor critica, e também a mais severa. Sei o que é bom e o que não é. Uma pessoa que não escreva, não sabe o quanto é maravilhoso; eu costumava lamentar-me por não saber desenhar, mas agora estou cheia de alegria por, ao menos saber escrever. E, se não tiver talento para escrever livros ou artigos de jornal, posso escrever só para mim. Mas quero mais que isso. Não me imagino ser igual aquelas mulheres que trabalham, e são esquecidas. Preciso de ter mais alguma coisa a que me dedicar. Não quero ter vivido em vão como as outras pessoas. Quero ser útil para as pessoas, mesmo aquelas que não conheci. Quero continuar a viver depois da morte! E é por isso que estou tão grata a Deus por me ter dado este dom que posso usar para me exprimir tudo o que esta dentro de mim. Quando escrevo, consigo libertar-me das preocupações. A minha dor desaparece, o meu espírito reanima-se! Mas, e esta é a grande questão, conseguirei escrever algo grande, tornar-me-ei uma escritora ou uma jornalista? Espero que sim, oh, espero mesmo, porque escrever permite-me registar tudo, todos os meus pensamentos, ideias, fantasias. Anne Frank
Eu sou a pessoa mais trouxa nesse mundo na boa
Quando vou parar de ser assim ?
Mds
Quanto mais vai doer pra eu finamente parar de insistir ?
Tenho que parar de sonhar tanto e idealizar coisas que nem sequer aconteceram
Parar de ser otimista com coisas que nunca darão certo
Pra que ficar batendo na mesma tecla ?
A única errada nessa história sou eu
Errada por achar que isso um dia iria dar certo
Mas não vai
As vezes vemos as situações como queremos e não como realmente são
Mas um dia a gente acorda
E acho q hj acordei
Levei um beliscão
Percebi que tem coisas que só servem pra machucar nosso coração
E que nos fazem chorar
Cansei
Cansei de me empolgar em coisas e depois me decepcionar
Cansei de criar expectativas demais e depois o que ganho em troca?
Lágrimas
Porque ? Porque sou trouxa.
Queria muito ser umas daquelas pessoas
Sabe aquelas pessoas?
Que não se importam, que ignoram os outros, que conseguem seguir em frente, pessoas fortes, pés no chão,  realistas, e até mesmo frias
Sim , eu queria ser assim
Porque essas pessoas não sofrem
Podem até se chatear as vezes
Mas eh diferente
Cansei
As vezes me sinto como uma idiota
Ah lá vem a menina palhaça, desastrada, que faz tudo errado
Eu faço tudo errado
Eu digo tudo errado
Meu deus
Na Boa
No fundo eu sei
Acho q ninguém me suporta
Cansei de ser assim
As vezes eh necessário mudar o nosso jeito
Pra sofrer menos
Eu fico me importando com todo mundo
Fico triste com a tristeza dos outros
E fico guardando isso em mim
Mas por fora pareço estar bem
Mas não estou
Eu não estou bem
Não sei o q está acontecendo comigo
Não sou mais a mesma
Acho que a gente Começa a perceber como as coisas realmente são
Agora eu sei
Tomei um balde de água fria
Eu sinto saudade de quando era criança
A melhor fase da vida
E que infelizmente nunca vai voltar
Era tão bom
Tão simples
Sem dor
Sem lágrimas
Apenas aquelas que rolavam depois de levar um tombo e ralar o joelho
Eu queria voltar no tempo e ficar lá
Congelada na minha infância
Onde ainda tinha minha vó
E todo mundo
Todo mundo unido
Como deveria ser
Aí mds
Como dói
Eu queria ser uma pedra as vezes.
E parar de me preocupar tanto com coisas fúteis
Não sei mais
As vezes Só queria dormir
Dormir e dormir
Dormir bastante
E não mais acordar
Pra não sentir mais o que sinto agora
Nunca mais.
Anônimo
Eu sou o medo da lucidez.
Choveu na palavra onde eu estava.
Eu via a natureza como quem a veste.
Eu me fechava com espumas.
Formigas vesúvias dormiam por baixo de trampas.
Peguei umas ideias com as mãos - como a peixes.
Nem era muito que eu me arrumasse por versos.
Aquele arame do horizonte que separava o morro do céu estava rubro.
Um rengo estacionou entre duas frases.
Um descor
Quase uma ilação do branco.
Tinha um palor atormentado a hora.
O pato dejetava liquidamente ali.
Manoel de Barros
Eu sou sim a pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má e tirar as correntes da cobrança do meu peito.
Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico, meia bomba. E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo de tudo e de todos. Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve. Mas dá realmente pra ser assim?
Tati Bernardi
Eu sou o diretor do departamento de doenças infecciosas, com dupla especialização em doenças infecciosas e nefrologia. Eu também sou o único doutor empregado nesse hospital que é obrigado a estar aqui contra sua vontade. Mas sem preocupações, afinal a maioria de vocês poderia ser tratado por um macaco com um frasco de analgésicos. E por falar nisso, vocês talvez vejam eu tomando comprimidos. É Vicodin, é meu, não é para vocês. E eu não tenho um problema com administração de dor, e sim um problema com dor. Mas quem sabe? Talvez eu esteja errado. Talvez eu esteja doidão demais para saber. Então, quem quer ser atendido por mim? Dr. House
Eu sou um anticomunista que se declara anticomunista. Geralmente, o anticomunista diz que não é. Mas eu sou e confesso. E por quê? Porque a experiência comunista inventou a antipessoa, o anti-homem. Conhecíamos o canalha, o mentiroso. Mas, todos os pulhas de todos os tempos e de todos os idiomas, ainda assim, homens. O comunismo, porém, inventou alguém que não é homem. Para o comunista, o que nós chamamos de dignidade é um preconceito burguês. Para o comunista, o pequeno burguês é um idiota absoluto justamente porque tem escrúpulos.
Entrevista à VEJA em 1969
Nelson Rodrigues
EU SOU IDIOTA! Isso mesmo idiota mais não pense que tenho vergonha disso, nos dias de hoje ser idiota é um privilégio. Os idiotas de hoje são aqueles que conseguem sorrir mesmo quando a dor aperta, são aqueles que ainda dizem EU TE AMO! Olhando no olho, que valorizam abraços e gostam de andar de mãos dadas. Idiotas são aqueles que acreditam em um sentimento sincero, que ainda esperam encontrar um amor perfeito. Idiotas são românticos no sentido mais meloso da palavra, mais não se envergonham disso. São aqueles que não ligam para ver a pessoa amada, idiota se divertem, tem amigos, idiotas amam, idiotas vivem.
IDIOTAS SÃO FELIZES.
Charles Henrique
Eu sou vários! Há multidões em mim. Na mesa de minha alma sentam-se muitos, e eu sou todos eles. Há um velho, uma criança, um sábio, um tolo. Você nunca saberá com quem está sentado ou quanto tempo permanecerá com cada um de mim. Mas prometo que, se nos sentarmos à mesa, nesse ritual sagrado eu lhe entregarei ao menos um dos tantos que sou, e correrei os riscos de estarmos juntos no mesmo plano. Desde logo, evite ilusões: também tenho um lado mau, ruim, que tento manter preso e que quando se solta me envergonha. Não sou santo, nem exemplo, infelizmente. Entre tantos, um dia me descubro, um dia serei eu mesmo, definitivamente. Como já foi dito: ouse conquistar a ti mesmo. Desconhecido
Eu sou um pouquinho desligada e não costumo tentar agradar a todos. Meu coração nunca doeu ao ponto de sentir sangrá-lo e eu não tenho medo de dar a cara à tapas. Chamar a atenção não é minha prioridade e não me incomodo com as críticas da mesma forma que não me sinto melhor do que ninguém pelos elogios. O problema é que as pessoas ainda não entendem que no meio de tanta mentira e falsidade, existem algumas pessoas que são sinceras e tentam ser, com muito esforço, um pouco delas mesmas. Tumblr
Eu sou mil possíveis em mim; mas não posso me resignar a querer apenas um deles."
Estive pensando nesse tempinho que passou como sou engraçada. Eu como sou. Na verdade fiquei pensando em mim mesmo porque ouvi certas coisas como você não sente mais minha falta, não me procura. Ou um tanto assim você é cheia de crises existenciais. POde-se acrescentar a lista algo como é sempre a mesma coisa, os mesmos motivos pra brigar. Você nunca pode, não tem tempo. Você? nem gosta de ajudar, as vezes é bom trabaiar em casa. Coisas do tipo. Meus livros e minhas idéias. Eu mesma com minhas confusões e complexidades que as vezes crio de uma maneira inexplicavél, algo como brincar de lego e construir um quase Ninho dos Pássaros em Pequim (que audácia!). Não queria que isso virasse um desabafo mas pode ser que vire um. Sabe eu estou descobrindo que não posso falar tudo pras pessoas que mais queria conversar pq elas não vão entender. As vzs tentar mostrar meu ponto de vista, é como ir daqui a São Paulo a pé. Gosto de desconstruir as coisas para entendê-las. Gosto de ouvir MPB e cantar junto. Queria até um dia fazer aula de canto, mas não quero ser cantora. Me preocupo demais com os outros e talvez eles nem saibam, e talvez ainda eu não consiga resolver o problema deles ou apresentar uma solução. Queria comprar um pijama chique, mas é caro demais. Queria aproveitar todas as liquidações, ter roupas novas, sapatos novos, mas não quero fazer dívidas. Não quero usar o dinheiro eletrônico. Queria receber inúmeros emails, mas nem mando quase nenhum pra quase ninguém. Queria ter um quarto novo, uma cama nova. Queria morrer de tanto fazer amor! E também queria muito mais (sempre mais, como diz o namorado!) Queria ter um grande segredo pra guardar. (acabei de lembrar que tenho um sim!) Queria ter o prazer de fazer uma simples compra de mercado, porque elas me lembram minha mãe, e as tantas outras vezes em que eu pequena ficava imaginando como seria quando grande. Queria ter a minha casa, só minha. Queria ter uma biblioteca inteira, e esquecer que o namorado iria brigar por isso. Queria usar mais o computador em casa. Queria as vezes não parecer estranha por não querer conversar com (quase) ninguém. Queria comprar um álbum de bebê, mesmo sem ter bebê, sou simplesmente apaixonada por eles. Queria um chavero novo. Queria ter uma declaração como a música do Vinícius de Morais Minha Namorada. Queria tirar mais fotos. queria cuidar mais da casa, mas uma que fosse minha. Queria passar roupa sem sentir dor nas costas. Queria assistir aos filmes e nunca dormir. Queria e isso faz tempo comer pipoca. Queria cozinhar mais, tem sempre aquelas receitas que olho e penso um dia vou fazer. mas elas continuam na mesma ou melhor o dia nunca chega. Queria comer e não engordar. Queria ficar sem alguens e não sentir falta. queria entender como funciona só a aminha mente, porque mesmo sem saber acabo fazendo ela não funcionar. Queria poder dar um ctrl+alt+del em certas situações. Queria eliminar os sentimentos ruins. queria só ser feliz. Queria rir tanto quanto eu ria quando era namorada. Queria ser princesa. Queria ser sábia. Queria ser decidida. Queria não querer. Queria tantas coisas...
Que no final de todas elas, estou me sentindo como aquelas tantas vezes em que a gente se veste de alguma coisa pra ir a uma festa e depois cansada volta pra casa praticamente dormindo.
E amanhã é outro dia. E a gente é o mesmo. E tudo é igual.
Mas isso não é ruim, é apenas natural.
eu
EU SOU...
...
Eu sou
Mais que palavras,
Mais que uma voz...
Eu sou
Lágrima,
Sorriso,
Olhar distante...
Eu sou
Mãos que trabalham
E acariciam
E pedem
Mãos outras...
Eu sou
Fragmentos de um tempo
Que já passou...
(passado e presente)
Que me fez, assim...
Assim, como sou!
Eu sou presença
Inteira, única...
Frágil quando sonha
Forte quando quer mais!
Eu sou o dar-me
Sem nada ter...
Sou o livro
Por ler,
Metáfora de mulher
Que o é
Sem o ser...
E eu sou
Mais que palavras,
Mais que uma voz
Que se perde no espaço
E diz quase nada...
Do muito de nós!...
Desconhecido
Minha Culpa
Sei lá! Sei lá! Eu sei lá bem
Quem sou? um fogo-fátuo, uma miragem...
Sou um reflexo...um canto de paisagem
Ou apenas cenário! Um vaivém
Como a sorte: hoje aqui, depois além!
Sei lá quem sou?Sei lá! Sou a roupagem
De um doido que partiu numa romagem
E nunca mais voltou! Eu sei lá quem!...
Sou um verme que um dia quis ser astro...
Uma estátua truncada de alabastro...
Uma chaga sangrenta do Senhor...
Sei lá quem sou?! Sei lá! Cumprindo os fados,
Num mundo de maldades e pecados,
Sou mais um mau, sou mais um pecador...
Florbela Espanca
Não quero pensar nas minhas fraquezas. Quero olhar bem fundo nos meus olhos e ver como eu sou bonito internamente, como fiz e faço coisas maravilhosas e como o meu peito está cheio de vontade. Eu assumo a responsabilidade sobre essas vontades e me projeto com força nessa identidade de saber que eu posso, sim, fazer o melhor. Despertar o meu espírito é viver nele. É ter a satisfação de ser eu mesmo. É poder ser original, único, pequeno e grande ao mesmo tempo. Sei agora que o melhor está a meu favor. Meu sucesso, aliás, é o sucesso de Deus que se manifesta em mim como pessoa em transformação. Eu sinto como se tivesse sentado nessa cadeira da solidez universal porque eu estou no meu melhor. Porque sou o sucesso da eternidade, porque estou há milhares de anos seguindo e não fui destruído. Porque o universo garante. Grito dentro de mim mesmo: de todas as coisas da vida, o melhor ainda sou eu. O melhor sou eu! (Luiz Gasparetto) Luiz Gasparetto
Não, eu não sou uma boa pessoa. Na verdade eu sou um ser humano terrivel, metade de todas as minhas ações sao pensando apenas no meu propio bem. Não sou aquele tipo de pessoa em que voce tem prazer de conversar. Em quase todas as minhas conversas eu tenho a terrível mania de reclamar sobre a minha vida ou dizer o quanto adoraria estar deitada em um caixão. Eu sou entediante e sem graça. Não possuo qualidades e muito menos um bom gosto. Gosto de músicas estranhas e minhas roupas são todo o contraio daquilo que as pessoas consideram na moda. Não gosto e nem quero agradar ninguém. Nem mesmo quando me esforço consigo ser alguém agradável. Se afastam de mim por eu ser tão egoísta. por eu sempre me colocar em pimeiro lugar e esquecer de amar os outros que se consideram importantes em minha vida. Mas a vedade é que eu nao me importo com o que pensam a meu respeito. Digo, tudo isso que falam, do quanto sou uma pessoa egoista e arrogante. Eu nao me importo mais. eu nao sou tudo aquilo que dizem, sou uma péssima pessoa, sim. mas sou um ser humano como qualquer outro, a deferença é que eu optei por guardar os meus sentimentos. E muito bem guardados por sinal. Desconhecido
OS QUATRO FANTASMAS
Leiga, totalmente leiga em psicanálise, é o que eu sou. Mas interessada como se dela dependesse minha sobrevivência. Para saciar essa minha curiosidade, costumo ler alguns livros sobre o assunto, e outro dia, envolvida por um texto instigante - acho que da Viviane Mosé, que já foi mencionada nesta página anteriormente - me deparei com as quatro principais questões que assombram nossas vidas e que determinam nossa sanidade mental. São elas:
1) Sabemos que vamos morrer.
2) Somos livres para viver como desejamos.
3) Nossa solidão é intrínseca.
4) A vida não tem sentido.
Basicamente, isso. Nossas maiores angústias e dificuldades advêm da maneira como lidamos com nossa finitude, com nossa liberdade, com nossa solidão e com a gratuidade da vida. Sábio é aquele que, diante dessas quatro verdades, não se desespera.
Realmente, não são questões fáceis. A consciência de que vamos morrer talvez seja a mais desestabilizadora, mas costumamos pensar nisso apenas quando há uma ameaça concreta: o diagnóstico de uma doença ou o avanço da idade. As outras perturbações são mais corriqueiras. Somos livres para escolher o que fazer de nossas vidas, e isso é amedrontador, pois coloca responsabilidade em nossas mãos. A solidão assusta, mas sabemos que há como conviver com ela: basta que a gente dê conteúdo à nossa existência, que tenhamos uma vontade incessante de aprender, de saber, de se autoconhecer. Quanto à gratuidade da vida, alguns resolvem com religião, outros com bom humor e humildade. O que estamos fazendo aqui? Estamos todos de passagem. Portanto, não aborreça os outros e nem a si próprio, trade de fazer o bem e de se divertir, que já é um grande projeto pessoal. Volto a destacar: bom humor e humildade são essenciais para ficarmos em paz. Os arrogantes são os que menos conseguem conviver com a finitude, a liberdade, com a solidão e com a falta de sentido da vida. Eles se julgam imortais, eles querem ditar as regras para os outros, eles recusam o silêncio e não vivem sem os aplausos e holofotes, dos quais são patéticos dependentes. A arrogância e a falta de humor conduzem muita gente a um sofrimento que poderia ser bastante minimizado: bastaria que eles tivessem mais tolerância diante das incertezas.
Tudo é incerto, a começar pelo dia e a hora da nossa morte. Incerto é o nosso destino, pois, por mais que façamos escolhas, elas só se mostrarão acertadas ou desastrosas lá adiante, na hora do balanço final. Incertos são nossos amores, e por isso é tão importante sentir-se bem mesmo estando só. Enfim, incerta é a vida e tudo o que ela comporta. Somos aprendizes, somos novatos, mas beneficiários de uma dádiva: nascemos. Tivemos a chance de existir. De se relacionar. De fazer tentativas. O sentido disso tudo? Fazer parte. Simplesmente fazer parte.
Muitos têm uma dificuldade tremenda em aceitar essa transitoriedade. Por isso a psicoterapia é tão benéfica. Ela estende a mão e ajuda a domar nosso medo. Só convivendo com esses quatro fantasmas - finitude, liberdade, solidão e falta de sentido da vida - é que conseguiremos aravessar os dias de forma mais alegre e desassombrada.
Martha Medeiros
Quem sou eu?Eu sou mais um que acredita nas pessoas que sempre se subestima pra tentar ser melhor cada dia. quem sou eu?Eu sou aquele que msm por necessidade não daria a volta em alguém pra se dar bem.Mais quem sou eu?Eu sou aquele que sempre quer ajudar e se não o conseguir jamais entraria pra atrapalhar.Mais quem sou?Eu eu sou aquele que está la sempre mais dizem que o pra sempre nunca dura;durará se vc o saber valorizar.Mais quem sou eu?Sou aquele que se vesti de um personalidade forte um génio quase impossivel de se lidar. Mais quem sou eu eu sou aquela pessoa que se vc souber levar vai ter a minha amizade pra sempre pois sou um conjunto de valores e lealdade.
Mais contudo pergunto mais um vez quem sou eu?...
Desconhecido
Quem sou? Mulher com garantia e seria ousadia prosseguir:
se madura ou biruta ou grotesca se sensível ou racional ou se mais uma igual a todas nada me define e eu definho, queria tanto ter certeza erro noite e dia, tenho consciência apenas do que faço mal atitudes certas e palavras oportunas: não confirmo existência faço tudo trocado, as avessas, sem jeito, e choro aos montes difícil existir no mundo sem um bom planejamento pessoal ...Eu não sou nada, ninguém, não sou daqui, não assimilei as regras sou uma boa indefinição bem disfarçada e que anda às cegas.
Martha Medeiros
Se torne um ser humano melhor, assim você só tem a ganhar !!!!
Eu sou culpada por ser quem sou, não pelo modo como você reage a isso. Sou amiga. Cúmplice. Companheira de risadas e tristezas. Nunca entendi porque incomodo tanto. Então um passarinho que sempre pousa por aqui, me disse que ser eu mesma já é motivo para despertar ira. Consigo ser fofa. Cumpro meu papel de "moça-boa-louca". Se eu sou capaz de dar conta das minhas qualidades e defeitos e mesmo assim ser muito amada, você também consegue.
AO INVÉS DE TENTAR ME DESTRUIR, VOCÊ DEVERIA TOMAR AULAS DE COMO SER UM SER HUMANO MELHOR.
Não posso ser culpada pelo teu olho gordo. O que você não entende é que eu não faço força para ser quem sou. E que também não vou fazer força para aceitar quem você é. Não sou obrigada. Distância basta!
MAS SE MESMO ASSIM MEU BRILHO INCOMODA DEMAIS, USE OCULOS ESCUROS.
Desconhecido
SOBRE SIDDHARTHA
“Você me pergunta “QUEM SOU EU”, uma pergunta que tem milhões de respostas. Sou um grão de areia em uma praia infinita, uma gota de água em um oceano. Não sou minhas palavras mas aquilo que está além delas. Sou uma chama de uma vela num quarto escuro que dança e balança constantemente, e o meu queimar ilumina a escuridão, o caminho para você seguir. Mas lembre, que a vela tem fim e que tudo passa por esse planeta. O meu existir também terá o seu fim. Portanto, esqueça de perguntar quem eu sou, curta a minha presença aqui com você agora e aproveite até que tenho luz para te indicar o caminho.”
Siddhartha
Tem dias que eu sou legal com todos, tento passar por cima dos erros dos outros e finjo que está tudo bem. Mas quando eu fico chata, começo a falar dos meus problemas e não ser tão legal assim, as pessoas acham que eu estou ‘diferente’. Não, esse é o meu jeito. Isso é o que sempre se passa dentro de mim quando estou sorrindo. Eu guardo tudo pra mim. Mas chega uma hora, que tudo se junta e explode, e é horrível. Isso acontece com várias pessoas, mas mesmo assim, é difícil de entender. Tumblr
Tu es a bela, é quem eu anseio de paixão
Eu sou a fera, sou quem ajê sem razão
Tu es Cinderela, es beleza e razão
Eu sou rude, sou que fala sem pensar
Tu es beleza, do mas lindo de olhar
Eu sou força, que só consegue assustar
Tu es ´pureza que me fez ver na beleza um motivo para mudar.
Eu sou rude que te fez apaixonar
Nos dois somos a beleza,a beleza de amar.
Somos fruto da natureza da terra, e do amor.
Nos somos a certeza,quanto o sol e a lua
Nos somos o amor que na rua o mundo inteiro vai julgar
Mas temos a certeza de amar
O nosso fruto é leveza, é a mão de Deus na natureza ensinando o amor pois o ser humano tem em si o dom de acreditar.
Desconhecido
“Eu sei que a essa hora você deve estar dormindo, mas eu me flagrei aqui pensando no quanto eu sou grata por te ter na minha vida, por poder dizer que eu sou tua, por acordar todos os dias e sorrir só ao pensar que, mesmo distante, eu tenho alguém que se preocupa comigo, que me ama mesmo eu sendo cheia de falhas. Você pode até duvidar disso, por eu ser uma idiota e não saber lidar. Eu sei que eu falo coisas sem pensar, mas queria que soubesse que, no fim das contas, quem mais se machuca sou eu. Você é a melhor coisa que já me aconteceu, e eu agradeço a Deus todos os dias por você ter aparecido aqui e me fazer a mulher mais feliz desse mundo. Me desculpa por errar contigo, por te encher, por exagerar, por ser marrenta e nāo querer ver o teu lado da história, por brigar sem motivos, me desculpa até pelos erros que eu não enxergo. É que é tudo medo de te perder, amor. E por mais que eu sempre tenha sido muito orgulhosa pra pedir desculpas, eu abro mão da minha arrogância toda por você. Porque te quero na minha vida para sempre. Porque quero que os nossos destinos sejam um só, porque quero que todas as nossas promessas se cumpram. Porque é você o homem da minha vida, pai dos meus futuros filhos, aquele com quem eu quero sentar numa varanda de frente pro mar daqui a cinquenta anos e lembrar de toda a nossa história. Obrigada por me aturar, por me completar e por ser tudo aquilo que eu sempre precisei. Eu amo você, babe. Nunca duvide, nem esqueça disso.” Desconhecido