Na vida erramos, agimos de forma estúpida, e muitas vezes, magoamos alguém que amamos, peço-te perdão meu amor, e já justificarei o por que;
Sempre acreditei no amor, para mim era tudo, a união de dois seres, transformando-se em um só coração, para mim, sempre foi, confiabilidade, compromisso e estar presente.
Mas sabemos que sempre nos magoamos e nos fechamos para aquilo que achamos tão lindo, e acabamos achando o tão lindo, não tão lindo assim, por medo de sofrer, e achar que não vai ter o seu devido valor, então, não acreditamos mais em tudo isso, até que depois de tanto errar e de tanto ver alguém que te ama sofrer pelos teus erros, esse coração que já não acreditava mais no amor, começa a pulsar novamente, gerando vida e amor.
Mas até enxergar isso já passamos por tanta coisa, que acabamos não percebendo no que se tornou, um verdadeiro tornado nível 5.
Sabe, sempre soube que minha união com você, F.D.M.B, foi um destino traçado, algo escrito por alguém superior, algo majestoso e digno de adoração.
Mas percebemos isso tão tarde, e já magoamos tanto um ao outro que já não sabemos mais o que queremos, mas sei, que a resposta disso tudo ta no nosso coração, e tenho certeza de que essa grande turbulência no nosso vôo de amor, logo vai passar minha vida, e nós seremos felizes eternamente.
Te digo mais, isso foi um forte aprendizado para mim, para meu auto-controle, não acredito no que me tornei diante de tudo o que passei, mas acredito agora, me tornei naquilo que mais temia, um ogro, sem sentimento, sem vida, sem sentido. Hoje, revivi aquilo que tinha sumido de mim, a vontade de escrever aquilo que sinto e como sinto, a expressão do coração.
Me perdoa, e saiba que tudo o que fiz, tem concerto, porque nós não somos deste tempo, somos do tempo em que concertamos, e não jogamos fora. Correto? “Retro back again.”
Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Romanos 8:31 Anônimo