Por que me negas o que peço
se nem é necessário permissão?
Por que me induzes a pensamentos
Se eles são apenas sobre ti
Busco as coisas simples e com paixão
Compartilhe comigo o que guarda em si.
Como dizer que quero intimidade
Ou uma porção de prazer
Se te ofendes e me afasta?
Não vêes que sinto falta
De tudo que costumávamos ser?
Pelo jeito não vê a distância que nos devasta.
O tempo não é problema
Nunca foi e nem será
O unico culpado sou eu
Sou prisioneiro do meu pensar
E fico preso no achar
que um dia verá, que seu pensamento será como o meu. Anônimo