Não vou nem perguntar se tu me amas,
pra não ouvir um papo antigo,
como: TE QUERO COMO AMIGO!
ou: COM AMIGO NÃO SE VAI PRA CAMA!
`
Difícil é entender (eu não consigo)
se nada falo, tu depois reclamas,
e se digo, é aquele drama,
não queres nunca mais falar comigo!
Nas tuas regras então entro pelo cano,
acreditando em tuas falsas pistas,
e com meus versos, eu mesmo me engano! Anônimo